O último pagamento do BOLSA FAMÍLIA teve uma alteração que pegou de SURPRESA os beneficiários

Hoje é o último dia de pagamento do Bolsa Família referente ao mês de junho! Os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) final 0 receberão o benefício. O calendário de pagamentos, iniciado em 17 de junho, segue a ordem do último dígito do NIS.

PIX CONFIRMADO HOJE (08/03) + R$900 reais na conta dos brasileiros cadastrados no Bolsa Família

Apenas os beneficiários com NIS final 0 terão o benefício depositado em suas contas hoje. O valor mínimo do Bolsa Família é de R$ 600, podendo ser maior dependendo da composição familiar e dos benefícios adicionais como o Benefício Primeira Infância (BPI) e o Benefício Variável Familiar (BVF).

Para consultar a data exata e o valor do benefício, os beneficiários podem utilizar o aplicativo Caixa Tem, o site do Bolsa Família ou entrar em contato com a Central de Atendimento da Caixa pelo telefone 111.

Confira o calendário completo do programa em junho:

  • Dia 17 de junho: Final do NIS 1 (liberado antecipadamente em 15/06)
  • Dia 18 de junho: Final do NIS 2
  • Dia 19 de junho: Final do NIS 3
  • Dia 20 de junho: Final do NIS 4
  • Dia 21 de junho: Final do NIS 5
  • Dia 24 de junho: Final do NIS 6 (liberado antecipadamente em 22/06)
  • Dia 25 de junho: Final do NIS 7
  • Dia 26 de junho: Final do NIS 8
  • Dia 27 de junho: Final do NIS 9
  • Dia 28 de junho: Final do NIS 0

Saiba como realizar o saque do Bolsa Família

O saque do benefício do governo pode ser realizado por diferentes métodos, facilitando o acesso dos beneficiários aos valores recebidos.

-

Opções de saque incluem:

  • Caixas eletrônicos da Caixa: Utilizando o Cartão Bolsa Família e senha.
  • Lotéricas: Com o Cartão Bolsa Família, Cartão Cidadão ou documento de identificação com foto.
  • Correspondentes Caixa Aqui: Apresentando o Cartão Bolsa Família e documento com foto.
  • Agências da Caixa: Para quem não possui cartão ou senha, é possível realizar o saque com um documento de identificação com foto e o número do NIS (Número de Identificação Social).

Beneficiários que utilizam o aplicativo Caixa Tem podem movimentar os valores, pagar contas, fazer transferências e compras, além de realizar saques em caixas eletrônicos utilizando o QR Code gerado no app.

-

Vantagens dos beneficiários do Bolsa Família

  1. Assistência Financeira Regular: Recebimento mensal de valores que ajudam a complementar a renda familiar, proporcionando maior estabilidade financeira.
  2. Acesso a Outros Benefícios: Além do valor básico, os beneficiários podem receber benefícios adicionais como o Benefício Variável (gestantes, nutrizes e crianças) e o Benefício Primeira Infância, direcionado a famílias com crianças de até 36 meses.
  3. Melhoria na Qualidade de Vida: Contribui para a alimentação, educação e saúde das famílias, promovendo condições melhores de vida.
  4. Incentivo à Educação: O programa exige que as crianças e adolescentes estejam matriculados e frequentando a escola para que as famílias recebam o benefício, promovendo assim a educação como meio de ascensão social.
  5. Acompanhamento Social: As famílias beneficiadas são acompanhadas periodicamente pelos profissionais do Cadastro Único e dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), o que pode proporcionar acesso a outros programas sociais e orientação para melhoria das condições de vida.
  6. Facilidade de Acesso e Movimentação: Opções variadas para sacar o benefício, incluindo caixas eletrônicos, lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e o uso do aplicativo Caixa Tem para movimentação digital.

Essas vantagens visam não apenas prover assistência financeira, mas também promover inclusão social e oportunidades para as famílias em situação de vulnerabilidade.

-

Como evitar suspensão?

  • Manter Cadastro Atualizado: É fundamental manter todas as informações do Cadastro Único (CadÚnico) atualizadas. Isso inclui dados como endereço, composição familiar, renda e informações escolares das crianças.
  • Cumprir Condicionalidades: As famílias devem cumprir as condicionalidades estabelecidas pelo programa, como manter as crianças na escola com frequência mínima exigida e atualizar o calendário de vacinação.
  • Acompanhar Comunicações: É importante estar atento às comunicações enviadas pelo programa, seja por meio de SMS, aplicativos, e-mails ou correspondências físicas. Essas mensagens podem conter informações sobre necessidade de atualização cadastral ou outras orientações importantes.
  • Comparecer aos Acompanhamentos: Participar das visitas técnicas e entrevistas agendadas pelo CadÚnico ou pelo Bolsa Família é essencial. Essas visitas ajudam a verificar a veracidade das informações declaradas no cadastro e garantir que a família continua elegível para o benefício.
  • Atenção aos Prazos: Cumprir os prazos estabelecidos para atualização cadastral e para comprovação das condicionalidades é crucial. A falta de atualização pode levar à suspensão do benefício até que a situação seja regularizada.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »