INSSDinheiroNotícias

Nova mudança do INSS PREJUDICA portadores desses CPFS – Confira a lista

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entidade encarregada do pagamento de aposentadorias e pensões a uma vasta parcela da população brasileira, implementou modificações que impactam diretamente o montante recebido pelos segurados.

INSS confirma CALENDÁRIO para recebimento do 13º SALÁRIO para aposentados com NIS final 1,2,3,4,5,6,7,8, 9 e 0
Foto: reprodução

A partir deste mês, uma parcela dos aposentados e pensionistas poderá perceber uma variação no valor depositado em suas contas bancárias devido às novas diretrizes de cobrança. Houve revisões recentes na taxa de cobrança associada aos créditos consignados do INSS.

INSS anuncia novas mudanças

Anteriormente, a taxa era fixada em 1,72%. No caso dos beneficiários que utilizam cartão de crédito consignado, a taxa também foi revisada, passando de 2,55% para 2,49% ao mês.

Essas modificações constituem um benefício substancial para os segurados, uma vez que resultam em uma redução significativa dos encargos financeiros associados às operações de crédito.

É importante notar que as taxas podem variar conforme a instituição bancária responsável pela concessão do crédito. Embora o INSS estipule um limite máximo para tais cobranças, as instituições financeiras têm a liberdade de oferecer taxas ainda mais vantajosas como estratégia para atrair uma clientela mais ampla.

-

Como consultar as taxas e condições?

Para consultar as taxas e condições aplicáveis aos benefícios do INSS e às operações de crédito consignado, você pode seguir estas etapas:

  1. Site do INSS: Visite o site oficial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e procure por informações sobre taxas e condições atualizadas. O INSS geralmente disponibiliza informações relevantes para os segurados em seu portal online.
  2. Contato com o INSS: Entre em contato com o INSS por telefone, e-mail ou pessoalmente em uma agência da Previdência Social. Os representantes do INSS podem fornecer detalhes sobre as taxas atualizadas e as condições vigentes.
  3. Bancos Parceiros: Se estiver interessado em crédito consignado, entre em contato com os bancos parceiros do INSS. Eles geralmente têm seções específicas em seus sites dedicadas a esses produtos financeiros, onde você pode encontrar informações detalhadas sobre taxas, condições e requisitos de elegibilidade.
  4. Simuladores Online: Alguns bancos e instituições financeiras oferecem simuladores online que permitem aos clientes calcular as taxas de juros e os valores das parcelas com base em diferentes cenários. Isso pode ajudá-lo a ter uma ideia melhor das condições disponíveis.
  5. Atendimento Presencial: Se preferir um atendimento mais personalizado, você pode visitar uma agência bancária ou agendar uma consulta com um gerente de relacionamento para discutir as opções de crédito disponíveis e esclarecer quaisquer dúvidas sobre as taxas e condições.

Ao realizar consultas sobre taxas e condições, certifique-se de verificar informações atualizadas e comparar as ofertas de diferentes instituições financeiras para encontrar a melhor opção que atenda às suas necessidades e orçamento.

-

Como manter cadastro atualizado para não perder o benefício?

Para manter seu cadastro atualizado e garantir que você não perca nenhum benefício, siga estas etapas:

  1. Fique atento aos prazos: Esteja ciente dos prazos estabelecidos pelo INSS ou pelo programa específico do qual você é beneficiário. Isso inclui datas para atualização cadastral, renovação de documentos e outros requisitos.
  2. Mantenha seus dados atualizados: Informe ao INSS qualquer mudança em suas informações pessoais, como endereço, estado civil, renda familiar e composição familiar. Isso pode ser feito através do site do INSS, telefone, aplicativo ou pessoalmente em uma agência da Previdência Social.
  3. Renove documentos regularmente: Certifique-se de que seus documentos de identificação e comprovantes de renda estejam sempre atualizados e dentro do prazo de validade. Renove-os conforme necessário e forneça cópias atualizadas ao INSS, se solicitado.
  4. Participe de programas de atualização: Esteja atento a programas de atualização cadastral oferecidos pelo INSS ou por outras entidades governamentais. Eles podem fornecer orientações sobre como manter seus dados atualizados e oferecer assistência no processo de renovação.
  5. Fique informado: Mantenha-se informado sobre as mudanças nas políticas e procedimentos do INSS e de outros programas sociais. Isso pode incluir acompanhar notícias, ler comunicados oficiais e participar de eventos informativos.
  6. Mantenha contato regular com o INSS: Se tiver dúvidas sobre seus benefícios ou sobre como manter seu cadastro atualizado, entre em contato regularmente com o INSS. Os representantes do INSS podem fornecer orientações e assistência personalizada para garantir que você esteja em conformidade com os requisitos do programa.

-

Ao seguir essas orientações e permanecer vigilante em relação à atualização de seu cadastro, você pode garantir que continuará recebendo os benefícios a que tem direito sem interrupções desnecessárias.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »