Moedas RarasNotícias

Moeda SIMPLES de 1 Real pode valer até 25.000,00

O mundo da numismática é repleto de histórias fascinantes, onde cada moeda carrega consigo uma narrativa única. Entre esses tesouros, destacam-se exemplares com peculiaridades muitas vezes ignoradas pelo público geral, mas que podem esconder características extraordinárias.

Moeda de 1 REAL VITORIOSA que vale muito dinheiro tem o poder de mudar sua vida
Foto: reprodução

Um exemplo notável é a moeda de 1 real com o reverso invertido, um erro de cunhagem que eleva o valor dessas peças a cifras impressionantes.

Essa moeda específica foi emitida em 1998, durante a implantação do Plano Monetário Padrão Real, marcando a introdução da 2ª Família de moedas metálicas do Novo Padrão Monetário, cunhada pela Casa da Moeda do Rio de Janeiro.

Com um diâmetro de 27mm e peso de 7 gramas, sua composição inclui um núcleo de aço inoxidável e um anel externo de aço revestido de bronze. A borda é serrilhada intermitentemente, um elemento de segurança característico.

No anverso da moeda, destaca-se a efígie da República voltada para a esquerda, estendendo-se até o anel dourado que serve como elemento de segurança adicional. Ao redor, há um padrão inspirado nas cerâmicas indígenas marajoaras, simbolizando as raízes étnicas do Brasil, acompanhado pelos dísticos “Brasil”.

O Erro de Cunhagem: Reverso Invertido

-

O erro de cunhagem conhecido como “reverso invertido” refere-se a uma peculiaridade numismática onde o lado oposto de uma moeda é impresso de forma inversa ao padrão esperado. Esse tipo de erro é altamente valorizado por colecionadores devido à sua raridade e peculiaridade.

Um exemplo notável desse erro ocorreu com a moeda de 1 real emitida em 1998, durante a implementação do Plano Monetário Padrão Real no Brasil. Esta moeda, parte da 2ª Família de moedas metálicas do Novo Padrão Monetário, foi cunhada pela Casa da Moeda do Rio de Janeiro.

Com um diâmetro de 27 mm e peso de 7 gramas, a moeda possui um núcleo de aço inoxidável e um anel externo de aço revestido de bronze. Sua borda é serrilhada intermitentemente como medida de segurança.

No anverso, apresenta a efígie da República voltada para a esquerda, estendendo-se até o anel dourado que serve como um elemento adicional de segurança. Ao redor, exibe um padrão inspirado nas cerâmicas indígenas marajoaras, destacando as raízes étnicas do Brasil, acompanhado pelos dísticos “Brasil”.

-

Esse tipo de erro de cunhagem não apenas adiciona valor à moeda devido à sua raridade, mas também captura a atenção dos colecionadores pela curiosidade e singularidade que representa dentro do mundo da numismática.

Moeda de R$ 1 pode chegar a R$ 2.500,00

A moeda de R$ 1 pode alcançar valores significativos, como até R$ 2.500,00, devido a características especiais e erros de cunhagem raros, como o reverso invertido. Este tipo de moeda é valorizado por colecionadores devido à sua escassez e peculiaridade dentro do mercado numismático.

-

Como vender essa moeda?

Para vender uma moeda especial como a de R$ 1 com valor potencialmente alto, como até R$ 2.500,00, você pode seguir estas etapas:

  1. Avaliação da Moeda: Primeiramente, certifique-se de que a moeda possui realmente características especiais que a valorizam, como o reverso invertido. Isso pode ser confirmado por meio de consultas a numismatas ou sites especializados em numismática.
  2. Pesquisa de Mercado: Faça uma pesquisa para determinar o preço de mercado atual para essa moeda específica. Verifique em leilões online, em sites de venda de moedas ou consultando numismatas especializados.
  3. Certificação e Autenticação: Se possível, certifique a autenticidade da moeda por meio de uma entidade reconhecida no mercado numismático. Isso pode aumentar a confiança dos potenciais compradores.
  4. Escolha do Canal de Venda: Decida como deseja vender a moeda. As opções incluem:
    • Leilões Online: Plataformas como Mercado Livre, OLX, eBay ou sites especializados em numismática que realizam leilões de moedas.
    • Numismatas e Colecionadores: Entrar em contato direto com numismatas ou colecionadores que possam estar interessados na moeda.
  5. Criação de Anúncio: Se optar por vender online, crie um anúncio detalhado e atraente. Inclua imagens de alta qualidade da moeda, suas características especiais, certificações (se houver) e o preço solicitado.
  6. Negociação e Conclusão da Venda: Responda às perguntas dos potenciais compradores e negocie o preço, se necessário. Finalize a venda com segurança, utilizando métodos de pagamento seguros e documentando todas as transações.
  7. Envio Seguro: Ao enviar a moeda, certifique-se de embalá-la de forma segura e utilizar métodos de envio rastreáveis para garantir que ela chegue ao comprador de maneira segura e intacta.

Vender uma moeda de alto valor requer paciência, pesquisa e cuidados na transação para garantir uma venda bem-sucedida e segura.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »