Moedas RarasNotícias

Moeda antiga e rara do Plano Real pode valer R$ 1.000 e atiça colecionadores

O vasto mundo da numismática brasileira revela verdadeiros achados. Algumas moedas do Plano Real, além de sua importância histórica e estética, se destacam por sua escassez, alcançando valores extraordinários no mercado de colecionadores.

Avaliada em R$ 2.000,00 essa moeda de 50 centavos é considerada lendária por causa desse erro

A numismática transcende a simples acumulação de moedas; é uma expressão de fascínio pela história e arte embutidas em cada peça. No Brasil, esse interesse está em ascensão, impulsionado pela valorização histórica e financeira das moedas mais raras.

Moedas antigas e raras do plano real

Descubra as preciosidades entre as moedas do Plano Real, algumas das quais podem representar um verdadeiro tesouro para quem as possui.

Moeda de 50 centavos sem o ZERO

Em 2012, a Casa da Moeda do Brasil emitiu moedas de 50 centavos sem o zero devido a um erro de cunhagem, tornando-as raridades valiosas que podem ser avaliadas entre R$ 1.000 e R$ 1.500 atualmente.

Moeda de R$ 1 de 1998

-

Lançada em homenagem aos 50 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, essa moeda pode valer entre R$ 200 e R$ 330, dependendo de sua conservação, sendo uma peça de grande interesse para colecionadores preocupados com temas históricos e sociais.

Moeda de R$ 1 de 2012

Emitida em comemoração à entrega da bandeira olímpica, esta moeda tem um valor estimado de R$ 90 a R$ 120, sendo uma adição desejável para colecionadores envolvidos com temas olímpicos.

-

Moeda de 10 Centavos de 1995

Parte do Plano Numismático para a FAO (Food and Agriculture Organization), esta moeda pode valer entre R$ 60 e R$ 85, destacando a conexão entre a numismática e questões globais.

Moeda de 25 Centavos de 1995

Também emitida em homenagem à FAO, esta moeda pode ser adquirida por valores entre R$ 20 e R$ 35, atraindo colecionadores interessados em moedas com temas internacionais.

-

O que é numismática?

Numismática é o estudo ou a coleção de moedas, cédulas, medalhas e outros objetos monetários. Essa ciência abrange a análise histórica, cultural e artística dos itens monetários, bem como o entendimento dos métodos de produção, circulação e uso ao longo do tempo.

Os numismatas, pessoas que se dedicam à numismática, valorizam esses objetos não apenas pelo seu valor material, mas também pelo seu valor histórico e cultural. A numismática é uma área importante para a preservação da história econômica e social das civilizações.

William Tormen

Ao longo da minha trajetória profissional, me dediquei à especialização em conteúdo para Google News e Discover, acumulando mais de 18 anos de experiência nesse segmento. Na minha jornada, ascendi à posição de CEO de uma Agência Digital e me tornei sócio em outras agências,… Mais »