JÁ ERA! Cancelamento de CONTA-POUPANÇA num dos MAIORES BANCOS pega brasileiros de SURPRESA

Recentemente, o Banco Central do Brasil (BACEN) emitiu uma diretriz que pode acarretar sérias consequências para indivíduos que apresentem irregularidades ou inatividade em seus Cadastros de Pessoa Física (CPF). O CPF desempenha um papel crucial na vida dos brasileiros, funcionando como um documento de identificação essencial para diversas transações e atividades cotidianas.

Conta poupança Caixa
Conta poupança Caixa – Foto: Vitória Tormen / Total Crédito Brasil

Cancelamento da poupança por causa do CPF 

Em caso de irregularidade, inatividade ou status de “nulo” ou “cancelado” do CPF de um indivíduo, isso pode resultar no bloqueio total de sua conta bancária, incluindo a conta poupança. Isso implica na impossibilidade do titular realizar operações como pagamento de contas e transferências.

A partir de 2021, o Banco Central decidiu intensificar suas ações em relação às contas bancárias associadas a CPFs com problemas. Essa postura mais rigorosa tem impactado profundamente as principais instituições financeiras do país.

Anteriormente, os bancos adotavam uma abordagem gradual, priorizando ações em CPFs com status mais críticos, como “nulos” e “cancelados”. No entanto, o BC passou a exigir que as instituições também atuem em CPFs “suspensos” e com maior movimentação.

Desempenho da poupança nos últimos anos

-

AnoRentabilidade NominalInflaçãoRentabilidade Real
20238,03%4,62%3,41%
20227,89%5,79%2,10%
20212,94%10,06%-6,37%
20202,11%4,52%-2,41%
20194,26%4,31%-0,05%
20184,62%3,75%0,84%
20176,61%2,95%3,55%
20168,30%6,29%1,89%
20158,15%10,67%-2,28%
20147,16%6,41%0,71%
20136,37%5,91%1,43%
20126,47%5,84%0,60%

O que pode alterar o rendimento da poupança

A taxa Selic influencia diretamente o rendimento da poupança, conforme explicado anteriormente. Quando a Selic ultrapassa 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% ao mês mais a TR. Se a Selic fica abaixo desse limite, o rendimento é de 70% da Selic somado à TR.

Além disso, o rendimento real da poupança, ou seja, seu poder de compra, é impactado pela inflação medida pelo IPCA. Em períodos de alta inflação, o rendimento real da poupança tende a ser menor, e o contrário ocorre quando a inflação é baixa.

-

Portanto, é essencial monitorar a evolução da taxa Selic e da inflação (IPCA) para estimar com precisão o rendimento real da poupança.

Vantagens de abrir uma poupança

Abrir uma conta poupança apresenta diversas vantagens significativas:

  1. Segurança: A poupança é um investimento seguro, garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) em até R$ 250.000 por CPF e por instituição financeira.
  2. Acesso Facilitado: É fácil abrir uma conta poupança, muitas vezes exigindo apenas documentos básicos como CPF e comprovante de residência.
  3. Baixo Risco: Comparada a outros investimentos mais complexos, a poupança tem baixo risco de perda de capital.
  4. Liquidez: Os recursos na poupança podem ser resgatados a qualquer momento sem penalidades, proporcionando liquidez imediata.
  5. Rendimento: Embora o rendimento esteja atrelado à taxa Selic e possa variar, a poupança é uma opção para quem busca um rendimento básico, especialmente em períodos de taxa Selic elevada.
  6. Isenção de Taxas: Muitas contas poupança são isentas de taxas de manutenção, tornando-se uma opção econômica para guardar dinheiro.
  7. Planejamento Financeiro: É uma ferramenta útil para iniciantes em investimentos, permitindo o crescimento gradual do patrimônio.
  8. Educação Financeira: Abrir uma poupança desde cedo pode incentivar hábitos saudáveis de economia e investimento.

-

Em resumo, a poupança oferece uma combinação de segurança, acessibilidade e rendimento básico que a torna uma escolha popular entre os investidores iniciantes e aqueles que buscam estabilidade financeira a curto prazo.

Qualquer pessoa pode abrir uma conta poupança?

Sim, qualquer pessoa física pode abrir uma conta poupança, desde que atenda aos requisitos básicos estabelecidos pelas instituições financeiras. Os principais requisitos geralmente incluem:

  1. Documentação Pessoal: É necessário apresentar documentos de identificação válidos, como RG e CPF.
  2. Comprovante de Residência: Um comprovante de residência atualizado pode ser solicitado para verificação do endereço.
  3. Idade Mínima: Em geral, não há restrição de idade para abrir uma conta poupança, mas menores de idade podem precisar de um representante legal.
  4. Relação com o Banco: A pessoa deve estar de acordo com as políticas internas do banco em relação à abertura de contas.

Além disso, é importante considerar que alguns bancos podem ter requisitos adicionais ou específicos para a abertura de contas poupança, como depósito mínimo inicial ou outras condições. No entanto, em termos gerais, a poupança é um tipo de conta acessível e aberta a qualquer indivíduo que cumpra esses critérios básicos.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »