FGTS

FGTS disponibiliza SAQUE TOTAL, veja se você foi aprovado para receber

Trabalhadores com carteira assinada podem ter um aumento significativo nos saques do FGTS, de acordo com uma proposta histórica do Governo Federal, gerando destaque na discussão sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

A nova legislação propõe a liberação de 100% do saldo retido no FGTS, trazendo potenciais mudanças significativas para os trabalhadores e a economia como um todo. Cerca de 7,2 milhões de desempregados no Brasil podem ser beneficiados por mudanças no Fundo de Garantia, segundo estimativas do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O ministro Luiz Marinho ressaltou que a discussão sobre a possível extinção do saque-aniversário do FGTS está em andamento, adicionando uma camada de debate à questão. A atual limitação que impede a retirada total dos valores do Fundo de Garantia por dois anos, mesmo em casos de demissão, é citada como uma justificativa para as mudanças propostas.

O modelo do saque-aniversário, permitindo retiradas para gastos não essenciais, como viagens ou eventos, levanta preocupações sobre seu impacto econômico de longo prazo. Uma proposta de nova legislação poderia eliminar essa modalidade, possibilitando aos trabalhadores o acesso imediato aos valores retidos no FGTS para uma recuperação financeira mais ágil.

Cerca de 7,2 milhões de brasileiros desempregados enfrentam a impossibilidade de acessar os recursos do FGTS. Com a mudança proposta, esses trabalhadores teriam acesso a aproximadamente R$ 22 bilhões retidos, representando uma transformação histórica.

O ministro destaca o papel crucial do FGTS como uma reserva para proteger os trabalhadores em momentos de necessidade, reforçando sua importância na aquisição de moradias.

Quem pode sacar o saldo do FGTS retido?

-

O FGTS retido estará disponível em diversas situações, incluindo:

  • Demissão sem justa causa;
  • Saque-aniversário;
  • Término de contrato de trabalho por prazo determinado;
  • Rescisão de contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Rescisão de contrato devido a extinção total ou fechamento da empresa, corte de parte de suas atividades, falecimento do empregador individual ou decretação de invalidez do contrato;
  • Rescisão de contrato entre empregador e empregado em comum acordo;
  • Suspensão do trabalho avulso por período igual ou superior a 90 dias;
  • Ausência de depósitos na conta por três anos consecutivos;
  • Ausência do trabalhador no regime do FGTS por três anos consecutivos;
  • Aposentadoria;
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Portador de HIV, câncer ou outra doença grave em estágio terminal;
  • Necessidade urgente e grave, como desastre natural, emergência ou calamidade pública;
  • Aquisição ou construção de imóvel;
  • Amortização ou liquidação de saldo devedor de financiamento habitacional.
Governo aplica LIMITES para o Saque-Aniversário do FGTS Veja o que está com o FGTS

Como consultar o saldo do FGTS?

-

Para verificar se você tem FGTS retido, o método mais simples é usar o aplicativo FGTS da Caixa. Siga os passos abaixo:

  1. Baixe gratuitamente o aplicativo FGTS na Google Play Store ou Apple App Store;
  2. Na tela inicial, clique em “Entrar no Aplicativo”;
  3. Se for seu primeiro acesso, clique em “Cadastre-se”;
  4. Preencha suas informações e faça login no aplicativo;
  5. Após acessar, clique em “Ver todas suas contas” para conferir os detalhes de suas contas de FGTS.

Você também pode fazer a consulta pessoalmente nas agências da Caixa ou nos terminais de autoatendimento, usando o cartão cidadão. Se você for cliente da Caixa, pode verificar sua situação através do internet banking.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »