EMPRÉSTIMO liberado no Bolsa Família! Confira quem pode solicitar os R$ 20 mil diretamente pelo NIS

Em meio aos desafios econômicos enfrentados por muitas famílias de baixa renda no Brasil, surgiu um novo programa governamental chamado Acredita, lançado recentemente pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

PIX CONFIRMADO HOJE (08/03) + R$900 reais na conta dos brasileiros cadastrados no Bolsa Família

Este programa tem como principal objetivo oferecer crédito financeiro acessível às pessoas inscritas no programa Bolsa Família, com o propósito de impulsionar seus pequenos negócios e promover a independência econômica.

Neste artigo, exploraremos em detalhes como este inovador programa pode impactar positivamente a vida de milhões de brasileiros.

O Programa Acredita; veja como funciona

O Programa Acredita é uma iniciativa abrangente com diversos eixos de atuação. Um de seus principais focos é o eixo “Acredita no Primeiro Passo”, dedicado a fornecer empréstimos a beneficiários do Bolsa Família interessados em iniciar ou expandir seus pequenos empreendimentos.

Esta estratégia visa promover a autonomia financeira desse público sem afetar o recebimento contínuo do benefício do Bolsa Família.

Quem pode participar do programa?

-

Para se qualificar para o empréstimo do Programa Acredita, os beneficiários do Bolsa Família devem satisfazer a alguns critérios específicos. Em primeiro lugar, é necessário que o cadastro no Bolsa Família esteja regular e ativo.

Além disso, o solicitante deve exercer atividades de forma autônoma, seja como profissional liberal ou microempreendedor individual (MEI).

A abertura de um MEI não resultará na suspensão do recebimento do Bolsa Família, permitindo que os beneficiários aproveitem essa oportunidade de crédito.

-

Valor máximo e condições do empréstimo

O valor máximo do empréstimo disponível pelo Programa Acredita é de R$ 20 mil. Contudo, estima-se que o montante médio recebido por grupo de beneficiários seja cerca de R$ 6 mil.

Essa discrepância decorre do compromisso do governo federal em oferecer uma garantia de 100% aos bancos que concederem esses empréstimos, possibilitando assim a redução das taxas de juros.

Onde solicitar o empréstimo?

-

Conforme informações divulgadas, a liberação dos empréstimos pelo Programa Acredita está prevista para iniciar em julho deste ano. Nesse período, serão detalhadas as diretrizes específicas aos beneficiários.

Os empreendedores interessados deverão contatar um banco credenciado para solicitar o empréstimo, sendo a Caixa Econômica Federal indicada como a instituição financeira principal para essa operação.

Expectativa de Atendimento

Segundo estimativas do governo federal, aproximadamente 91 milhões de pessoas preenchem os critérios estabelecidos pelo eixo “Acredita no Primeiro Passo”.

Portanto, estima-se que cerca de 41 milhões de famílias inscritas no Bolsa Família possam ser beneficiadas pelo empréstimo oferecido pelo Programa Acredita.

Vantagens do Programa Acredita

Uma das principais vantagens do Programa Acredita reside na redução das taxas de juros, viabilizada pela garantia de 100% oferecida pelo governo federal aos bancos participantes.

Essa medida torna o crédito mais acessível e atraente para os beneficiários do Bolsa Família, que frequentemente enfrentam desafios para obter financiamento para seus empreendimentos.

Adicionalmente, a possibilidade de registrar-se como Microempreendedor Individual (MEI) sem perder o benefício do Bolsa Família é um componente essencial do programa.

Isso possibilita aos beneficiários formalizarem suas atividades econômicas, acessarem serviços e oportunidades exclusivas para empreendedores, e continuarem a beneficiar-se da rede de proteção social oferecida pelo Bolsa Família.

Novo pagamento extra do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm razões para celebração neste mês de junho, pois o Governo Federal está prosseguindo com os pagamentos extras de R$ 200, uma iniciativa significativa para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social.

Este valor adicional integra o programa Pé de Meia, que visa incentivar a conclusão dos estudos por parte dos estudantes do ensino médio.

O programa Pé de Meia é destinado a estudantes de 14 a 24 anos matriculados no ensino médio da rede pública, além de estudantes de 19 a 24 anos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ao longo dos três anos de estudo, os participantes podem receber até R$ 9.200 em incentivos.

Vitória Tormen

Natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sou uma profissional comprometida com o desenvolvimento de conteúdos e a criação de posts otimizados para o Google News e Discover. Possuo uma vasta experiência em SEO técnico e SEO de conteúdo, garantindo que o material… Mais »