Confira quem vai ter acesso ao BOLSA FAMÍLIA JUNINO e quem deve ficar de fora este ano

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) publicou o calendário oficial de desembolso do Bolsa Família para junho de 2024, contemplando mais de 21 milhões de cidadãos brasileiros.

MELHOR que o BOLSA FAMÍLIA! Governo liberou NOVO AUXÍLIO que paga mais de R$ 500 por mês, confira
Foto: reprodução

Os pagamentos serão realizados ao longo dos últimos dez dias úteis do mês, conforme o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). Abaixo, seguem as datas e os respectivos valores dos benefícios para este período.

Bolsa Família Junino: Calendário Completo de Junho

Os pagamentos do Bolsa Família referentes ao mês de junho seguem o tradicional critério de organização baseado no último dígito do Número de Inscrição Social (NIS). Abaixo estão as datas estipuladas para os pagamentos:

  • NIS terminado em 1: 17 de junho (antecipação para famílias em municípios em situação de calamidade)
  • NIS terminado em 2: 18 de junho
  • NIS terminado em 3: 19 de junho
  • NIS terminado em 4: 20 de junho
  • NIS terminado em 5: 21 de junho
  • NIS terminado em 6: 24 de junho (antecipado para sábado, 22 de junho)
  • NIS terminado em 7: 25 de junho
  • NIS terminado em 8: 26 de junho
  • NIS terminado em 9: 27 de junho
  • NIS terminado em 0: 28 de junho

Os beneficiários têm a opção de acessar os valores por meio do aplicativo Caixa Tem, proporcionando uma maneira prática de recebimento e utilização dos recursos. Ademais, os saques podem ser efetuados em casas lotéricas, caixas eletrônicos ou agências da Caixa Econômica Federal.

-

O governo federal confirmou antecipações especiais para famílias residentes em municípios que declararam situação de emergência ou calamidade pública nos últimos dois meses.

Bolsa Família Junino: confira os valores e quem recebe

Em junho, os benefícios do Bolsa Família apresentam valores iniciais que variam de acordo com o tamanho e a composição familiar. Grupos familiares com cinco ou mais membros recebem um benefício básico de R$142 por pessoa, enquanto famílias menores, com até quatro membros, recebem um benefício inicial de R$600.

Além desses valores básicos, há benefícios adicionais que podem ser agregados, dependendo da composição familiar:

-

  • R$50 adicionais para cada mulher gestante;
  • R$50 adicionais para cada mãe de bebê com menos de seis meses;
  • R$50 adicionais para cada criança ou jovem entre sete e dezoito anos;
  • R$150 adicionais para cada criança com menos de seis anos de idade.

Esses valores adicionais são somados ao benefício inicial, proporcionando um apoio financeiro significativo às famílias beneficiárias.

Os grupos familiares que continuarem a atender a todas as regras do programa receberão os benefícios em junho. Isso inclui manter os dados atualizados no Cadastro Único, ter uma renda familiar mensal inferior a R$218 por pessoa, garantir que as gestantes realizem o pré-natal, garantir que os menores estejam frequentando a escola e que todos estejam com as vacinas em dia.

-

Como me cadastrar no CadÚnico?

Para se cadastrar no Cadastro Único (CadÚnico), você pode seguir os seguintes passos:

  1. Procure um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou um posto de atendimento do CadÚnico: Esses locais estão presentes em municípios de todo o país e são responsáveis pelo cadastramento das famílias.
  2. Agende um horário: Em alguns lugares, pode ser necessário agendar um horário para realizar o cadastramento. Verifique com antecedência se é necessário fazer um agendamento prévio.
  3. Leve os documentos necessários: Você precisará dos documentos de todos os membros da família que moram com você. Os documentos geralmente incluem:
    • Documento de identificação (como RG ou certidão de nascimento) de todos os membros da família;
    • CPF de todos os membros da família (se tiver);
    • Comprovante de residência recente (conta de água, luz, telefone, etc.);
    • Comprovante de renda de todos os membros da família que trabalham (caso tenham).
  4. Preencha o formulário: No CRAS ou no posto de atendimento, você será orientado a preencher um formulário com informações sobre sua família, como renda, escolaridade, condições de moradia, entre outros.
  5. Entrevista: Após o preenchimento do formulário, você passará por uma entrevista com um atendente, que pode fazer perguntas adicionais para verificar as informações fornecidas.
  6. Finalização do cadastro: Depois de concluído o processo de cadastramento, você receberá um número de identificação social (NIS) e estará cadastrado no CadÚnico.

Lembre-se de que o CadÚnico é utilizado como base para diversos programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros. Manter seus dados atualizados é fundamental para garantir o acesso a esses benefícios.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLer mais