FESTA para os clientes CAIXA! PIX de R$1.412 AUTORIZADO para SAQUE para todos TRABALHADORES; veja como fazer

A Caixa Econômica Federal, após resolver questões de instabilidade em seus aplicativos, adotou uma medida significativa para beneficiar milhões de brasileiros. Todos os clientes do banco que trabalharem com registro CLT em março receberão uma bonificação.

Idosos 60+ têm LIBERADO esses quatro NOVOS PAGAMENTOS em 2024

Isso implica que a próxima onda de pagamentos do PIS/PASEP 2024 alcançará os trabalhadores elegíveis em todo o país. O valor máximo anunciado é de R$ 1.412, equivalente ao salário mínimo atual. Funcionários do setor privado e servidores públicos podem se enquadrar nos critérios de elegibilidade.

Para receber o benefício da Caixa Econômica Federal, é necessário participar do processo de retirada. A aprovação resultará no pagamento imediato, disponível para todos. O calendário anual de pagamento do PIS/PASEP é definido antes do início do ano, conforme regulamentação.

PIX de R$ 1.412 diretamente na sua conta!

Com base nas informações recentes divulgadas pela Caixa Econômica Federal, os trabalhadores brasileiros elegíveis para o benefício do PIS/PASEP 2024 são aqueles com registro em carteira ou funcionários públicos que tenham trabalhado por pelo menos 30 dias. O pagamento será feito para aqueles que estiveram empregados em março.

Segundo a Caixa, os valores variam de R$ 118 a R$ 1.412. Portanto, o montante recebido do PIS/PASEP 2024 é diretamente proporcional aos meses trabalhados em 2022. Para receber o benefício, a remuneração mensal durante o período de trabalho não pode exceder dois salários mínimos. Além disso, as informações trabalhistas devem ter sido corretamente reportadas pelo empregador no RAIS.

-

Dessa forma, a Relação Anual de Informações Sociais deve ter sido registrada no e-Social, referente ao ano-base considerado para o cálculo de 2022. Assim, os funcionários que trabalharam por um mês receberão R$ 118, enquanto aqueles que trabalharam durante os 12 meses de 2022 receberão R$ 1.412.

Caixa

Calendário do PIS/PASEP de 2024, veja quando serão os pagamentos

Conforme o calendário do PIS/PASEP 2024, os beneficiários dos meses de janeiro a junho já receberam os pagamentos, enquanto os beneficiários de julho a dezembro ainda estão para receber. Abaixo está a tabela divulgada pela Caixa com as datas de pagamento para o ano:

-

  • Janeiro: 15/02/2024
  • Fevereiro: 15/03/2024
  • Março e Abril: 15/04/2024
  • Maio e Junho: 15/05/2024
  • Julho e Agosto: 17/06/2024
  • Setembro e Outubro: 15/07/2024
  • Novembro e Dezembro: 15/08/2024

Restam ainda seis meses para os depósitos serem realizados pela entidade bancária.

O que é PIS/PASEP?

-

O PIS (Programa de Integração Social) e o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são programas de contribuição social no Brasil, criados com o objetivo de promover a integração do empregado na vida e no desenvolvimento das empresas e órgãos públicos.

O PIS é destinado aos funcionários de empresas privadas, enquanto o PASEP é voltado para os servidores públicos. Ambos funcionam de maneira semelhante: parte do dinheiro arrecadado com essas contribuições é destinada ao pagamento do seguro-desemprego, abono salarial e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores públicos e privados.

O abono salarial, que é uma das modalidades de benefício proporcionadas pelo PIS/PASEP, é pago anualmente aos trabalhadores que atendem a determinados critérios estabelecidos pelo governo, como ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base e ter renda mensal média de até dois salários mínimos.

Últimas Notícias Sobre a Caia Econômica Federal - Total Crédito Brasil

Quem pode receber?

Podem receber o abono salarial do PIS/PASEP os trabalhadores que atendam aos seguintes critérios:

  1. Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  2. Ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base considerado para o cálculo do benefício;
  3. Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos no período trabalhado;
  4. Ter seus dados de emprego informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no e-Social.

É importante notar que os critérios exatos podem variar de acordo com as normas estabelecidas pelo governo em cada período específico.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLer mais