Auxilio Reconstrução ANTECIPA pagamento e divulga nesta sexta (31/05) nova lista de contemplados

O pagamento do Auxílio Reconstrução às famílias desalojadas ou desabrigadas no estado do Rio Grande do Sul tem início nesta quinta-feira, consistindo em uma parcela única no valor de R$ 5,1 mil. Esse montante, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal, visa beneficiar mais de 34 mil famílias gaúchas. Conforme indicado pelo banco, devido ao processo de atualização e confirmação dos cadastros ocorrer em lotes, os créditos subsequentes serão efetuados duas vezes por semana, não sendo necessário abrir novas contas.

Dinheiro
Dinheiro – Foto: Vitória Tormen / Total Crédito Brasil

A Caixa verifica se o responsável familiar já possui conta corrente ou poupança na instituição e realiza o crédito de forma automática, dispensando a necessidade de comparecimento a uma agência. Na ausência de uma conta existente, será aberta uma nova poupança denominada Caixa Tem para o recebimento do auxílio.

Essa modalidade permite a movimentação dos recursos por meio do aplicativo Caixa Tem, possibilitando a realização de compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos utilizando o cartão de débito virtual ou o QR Code. Cabe às prefeituras a responsabilidade pelos cadastros junto ao governo federal.

Como ocorre o pagamento

O procedimento para receber o Auxílio Reconstrução inicia-se com o acesso ao site específico do programa, onde o responsável familiar realiza o login utilizando a senha do portal Gov.br e procede com a confirmação do cadastro. Posteriormente, os dados são submetidos a uma análise pela Dataprev, que encaminha à Caixa Econômica Federal a folha de pagamentos de forma escalonada, à medida que as famílias são cadastradas e confirmadas. A Caixa, por sua vez, efetua o crédito na conta do beneficiário em até dois dias úteis após o recebimento da referida folha.

Com o valor do benefício, os beneficiários têm a possibilidade de realizar transferências por meio do Pix, além de efetuar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e outros boletos através do próprio aplicativo ou nas casas lotéricas. Adicionalmente, é viável realizar saques nos correspondentes Caixa Aqui, terminais de autoatendimento e nas próprias casas lotéricas.

-

A recomendação é que a ida a uma agência da Caixa seja efetuada apenas por aqueles que não possuem acesso ao Caixa Tem e cartão para movimentação. No estado do Rio Grande do Sul, há 283 agências em funcionamento, cujos endereços podem ser consultados no site oficial da instituição. Além disso, há unidades móveis da Caixa presentes nos municípios de Montenegro, Cruzeiro do Sul, Roca Sales, Guaíba e Arroio do Meio. Em caso de dúvidas ou se o beneficiário preencher os requisitos, porém não tiver recebido os valores, orienta-se buscar informações no site do Auxílio Reconstrução.

Posso receber via PIX o auxílio?

Sim, você pode receber o auxílio através do PIX, desde que o benefício esteja vinculado a uma conta bancária na qual você tenha cadastrado sua chave PIX. O PIX é uma forma rápida e conveniente de receber pagamentos, permitindo transferências instantâneas entre contas de diferentes instituições financeiras a qualquer hora do dia, inclusive nos finais de semana e feriados.

-

Se o órgão responsável pelo pagamento do auxílio oferecer essa opção, basta informar sua chave PIX ao realizar o cadastro ou atualizar suas informações no sistema.

Benefícios que esse auxílio oferece

O Auxílio Reconstrução oferece uma série de benefícios aos beneficiários afetados por desastres naturais ou situações de emergência, tais como:

  1. Auxílio financeiro: O valor do auxílio proporciona um suporte financeiro imediato para as famílias desalojadas ou desabrigadas, auxiliando na reconstrução de suas vidas e na recuperação dos danos causados pelo desastre.
  2. Facilidade de acesso: O processo de solicitação e recebimento do auxílio é simplificado, com a possibilidade de realizar a confirmação do cadastro e receber o pagamento de forma ágil e sem burocracias excessivas.
  3. Flexibilidade de uso: Os recursos do auxílio podem ser utilizados conforme as necessidades individuais de cada beneficiário, permitindo o pagamento de despesas básicas, como alimentação, moradia, transporte e cuidados de saúde.
  4. Transferências via PIX: Alguns programas de auxílio oferecem a opção de receber os pagamentos através do PIX, proporcionando ainda mais praticidade e rapidez no acesso aos recursos financeiros.
  5. Apoio psicossocial: Além do suporte financeiro, muitos programas de auxílio também oferecem serviços de apoio psicossocial e assistência social, visando proporcionar um suporte integral às famílias afetadas durante o processo de reconstrução e recuperação.

-

Esses são alguns dos benefícios oferecidos pelo Auxílio Reconstrução, que desempenha um papel fundamental no auxílio às comunidades afetadas por desastres naturais e emergências.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLer mais